Precon Engenharia conquista prêmio SER HUMANO

A Associação Brasileira de Recursos Humanos realiza anualmente o prêmio Ser Humano, que tem como objetivo reconhecer iniciativas empresariais que fazem diferença nas áreas de gestão de pessoas, responsabilidade social e, neste ano, práticas em momentos de crise.

Na noite de ontem (23/11) – ao lado de grandes empresas como Anglo American, Mater Dei, Votorantim, Usiminas, VLI, entre outras – a Precon Engenharia foi homenageada com o prêmio na categoria responsabilidade social. Com o case “Inclusão social de mão de obra feminina nas áreas de produção”, o trabalho das colaboradoras na fábrica e nas obras foi um dos destaques da noite.

Empresariado atesta a necessidade de investir em pessoas para desenvolver organizações

Em 14 anos de trajetória, o Premio Ser Humano segue firme na convicção de que valorizar o profissional é a única maneira de trazer desenvolvimento e solidez para as empresas. Bandeira levantada pela comunidade de recursos humanos há muito anos, o tema vem ganhando mais espaço no mercado e na concorrida agenda do empresariado. Um bom termômetro para isso é a própria premiação, que cresce e se fortalece a cada ano.

Para o CEO da Precon Engenharia, Marcelo Miranda, esse raciocínio é coerente. “A gestão e o desenvolvimento das pessoas são os pontos fortes da cultura da sua empresa. Nossa meta é gerar mais resultados, consumindo menos recursos, impactando menos o ambiente e com as pessoas felizes”. E isso não está apenas no discurso, afirma. Segundo ele, diversos colaboradores começaram como ajudantes e hoje lideram setores completos dentro da fábrica e nos canteiros de obras. As condições favoráveis de trabalho, aliadas a um plano de carreira transparente e investimento em capacitação proporcionaram ganhos mútuos, tanto para a empresa quanto para as colaboradoras.

A Precon foi uma das vencedoras do Prêmio Ser Humano com o projeto Inclusão social de mão de obra feminina nas áreas de produção e também foi reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil, com títulos do Guia VOCÊ S/A, GPTW; e presença no ranking da Revista Forbes, entre outros. “Para todos nós, executivos, acionistas, colaboradores é uma honra muito grande receber todos estes reconhecimentos. Sem dúvidas, foi motivo para muita comemoração e sentimento de orgulho, que pode ser visto internamente e pelos compartilhamentos nas redes sociais dos nossos colaboradores. Temos um time fora de série, que não mede esforços, que tira a bunda da cadeira, bota pra fazer, e vai lá e faz. Assim, vai se construindo a nossa história, de uma equipe de gente humilde e batalhadora que quer fazer diferença e buscar o desenvolvimento sustentável nesse nosso país”, afirma Marcelo.

O executivo destaca ainda que os resultados do projeto reconhecido pelo Prêmio Ser Humano foram muito positivos. “Percebemos que as mulheres são mais comprometidas, flexíveis, têm maior interesse pelo aprendizado contínuo e registram menores riscos de acidentes de trabalho, visto que são mais atenciosas e detalhistas. A construção civil é um setor tradicional – que muitas vezes exige grande força física – mas a modernização e automação dos processos tem facilitado a inserção das mulheres, principalmente nas áreas de produção”, diz.

De acordo com Miranda, ainda há um longo caminho para percorrer, mas o mercado está se preparando e se adaptando para receber estas profissionais. Na Precon as mulheres já representam 30% da equipe da linha de produção da empresa e a meta é chegar em 50%.

Voltar